Skip to Content

Primeiras Impressões // Prince of Stride: Alternative ep.1

Be First!

Prince of Stride: Alternative é um novo anime da temporada de Inverno do Estúdio Mad House sobre o clube de Stride da Academia Honen, que outrora era a grande cena mas agora por alguma razão está praticamente extinta ao ponto de nem poderem competir por falta de membros.

Stride é um desporto que envolver seis jogadores por equipa que fazem corridas de estafeta hardcore pelas cidades, digo hardcore porque não é simplesmente acerca de velocidade, os percursos tem curvas apertadas, obstáculos e podem ser percorridos por vários caminhos permitindo assim uma variedade de corredores desde sprinters a free runners.  A historia vai relatar o retorno do clube de Stride com os novos elementos às competições com o objectivo de participar e ganhar no “End of Summer”, uma importante competição no Japão entre várias escolas.

strider

Os nossos protagonistas são uma jovem chamada Nana Sakurai (Hanazawa, Kana)que foi para esta academia porque viu um video que falou muito bem da equipa de Stride e do companheirismo e quer ser a manager da equipa e acaba por ficar a sua relationer que tem a função de coordenar os corredores para fazerem as passagens, o Riku Yagami (Kimura, Ryouhei) é divertido, amigável e naturalmente rápido a correr mas parece que nunca teve nenhum treino, Takeru Fujiwara (Okamoto, Nobuhiko) é um bom corredor treinado e disciplinado que era uma famoso Strider na secundária. Estes três novos alunos da Academia vão reacender a chama do clube de Stride que parece ser algo mega famoso e importante mas que ninguém se inscreve, fuck logic.

O traço dos desenhos é apelativo e apesar dos protagonistas não terem assim nenhum característica visual forte que os torne únicos consegue dar personalidade a todos os elementos, a animação fez um trabalho competente durante todo o primeiro episódio culminando numa corrida emocionante no final, esperemos que não seja a magia do primeiro episódio e que mantenha a qualidade ao longo da temporada . A banda sonora é energética e os efeitos sonoros tiveram especial destaque durante a corrida ajudando à emoção.

Esta temporada parece não haver muita coisa nova interessante por isso vou manter este debaixo de olho para ver como corre porque gostei bastante do que vi no primeiro episódio que foi divertido. A premissa parece interessante, os personagens aparentam ter personalidade e se a animação não perder qualidade poderá ser algo interessante de acompanhar durante os seus 12 episódios.

Autor: Simao Cristo

Sou o fundador deste estabelecimento e de má ortografia. Estudo Gestão Hoteleira e comecei esta vida de gamer desde gaiato. Fui aos poucos adquirindo outros vícios como filmes, comics, animes, mangás, séries de TV

Previous
Next